top of page
Foto de um cachorro da raça Pug
Pug

Pug é uma raça de cães de porte pequeno, que ganharam fama no mundo inteiro graças à sua personalidade carismática e especialmente pelo seu nariz achatado. A origem do termo Pug é mais incerta, e entre as teorias mais confiáveis está a de que o nome Pug deriva da palavra latina 'pugnos', que significa "punho" e a origem do nome desta raça se deve ao fato de o focinho se assemelhar ao formato de um punho humano. O Pug é classificado como “cão de companhia“, fazendo parte do grupo dos cães “Toys” ou “de Companhia”, o grupo 9. Origem: China Peso: 6-8 kg Altura: 25-30 cm Expectativa de vida: 13-15 anos

História

A raça Pug é uma das raças de cães com mais popularidade no mundo. Pesquisas mostram que ela surgiu há mais de 2000 anos na China antiga. Existem teorias de que o Pug surgiu do cruzamento de várias outras raças como o Pequinês ou o Mastiff Francês. O que é certo é que os Pugs surgiram em algum lugar da China e eram cães pertencentes à realeza. Esses filhotes foram levados para a Holanda e de lá chegaram a outros países da Europa onde receberam nomes diferentes. Atualmente, existem três principais tipos de Pugs: Chinês, Americano e Europeu. O Pug Chinês é mais curto e com menos pelos, tem nariz achatado e é mais difícil de encontrar. O Pug Europeu é mais alto e gordo, tem orelhas maiores e focinho alongado. E o Pug Americano é o mais comum e é conhecido por seu temperamento alegre.

Aparência Geral

O Pug é, com certeza, uma das raças de cães mais queridas, reconhecidas e adoradas mundialmente, independentemente do tamanho, cor ou pelagem. Esta raça tem um formato curto, mas atarracado, e sua característica de focinho achatado desde o nascimento é o que a torna única. Existem muitos fatores que devem ser considerados quando se trata de caracterizar o Pug, em especial pelagem, tamanho, cor e personalidade. Os olhos de um Pug são redondos, escuros, expressivos e cheios da vida. Suas orelhas são ajustadas na cabeça, devendo ser pretas. As rugas na cabeça de um Pug devem ser profundas e fáceis de ver porque a cor interna é mais escura que a externa. Deve existir uma grande ruga sobre o nariz. Outra característica importante do Pug é sua cauda que deve ser bem enrolada. A pelagem do Pug é fina e curta, com um brilho natural. A cor destes belos cãezinhos pode variar desde o tradicional preto e castanho até a branco perolado. Pug branco, marrom e tigrado, apesar de não reconhecidas oficialmente, existem outras colorações raras como o branco, marrom e tigrado. Pug preto É a segunda coloração mais popular. O pelo preto e brilhantes chama a atenção por onde passa. Pug com pelagem abricot Nacionalmente, a pelagem abricot é a mais vista e muito popular também.

Comportamento/ Temperamento

Quando se trata de comportamento, os Pugs são gentis e brincalhões e gostam de se divertir com as pessoas com quem passam tempo. No entanto, também podem ser bastante preguiçosos; gostam de passar seu tempo dormindo e relaxando.

Saúde

Os Pugs são cães saudáveis, mas como todas as outras raças, eles estão sujeitos a desenvolver algumas doenças específicas. Existem algumas doenças que acometem os Pugs mais frequentemente do que a outras raças de cães. É importante compreender e conhecer melhor as principais doenças que acometem os Pugs para que você possa praticar os cuidados preventivos para ajudar a garantir a saúde e o bem-estar do seu cachorro. Algumas das mais comuns doenças que acometem os Pugs, entre outras, são displasia do quadril, doença da glândula parótida, síncope da cauda, olho seco, transtornos da tiroide, miopatia e displasia de cotovelo. Além de tomar cuidado com as doenças que acometem os Pugs, é importante levá-lo ao veterinário para exames regulares e tomar as medidas necessárias para garantir que ele mantenha uma boa saúde. Algumas medidas preventivas que podem ser tomadas para garantir que seu Pug mantenha uma boa saúde são alimentá-lo adequadamente, manter o peso saudável, deixar seu animal em áreas limpas e ventiladas, vaciná-lo e, acima de tudo, evite que seu animal entre em contato com animais doentes. Prevenir ou tratar as doenças que acometem os Pugs é uma ótima forma de garantir que seu animal mantenha uma boa saúde e que você possa desfrutar de momentos felizes e divertidos juntos.

Higiêne

Apesar de curtos e lisos, a troca de pelos nos Pugs acontece diariamente, logo, deve-se escová-lo afim de se evitar sujeira pela casa. Com uma pele mais sensível, o banho deve ser dado a cada 2 ou 3 semanas e com produtos específicos para o maior cuidado. Sendo o charme dessa raça, as ruguinhas e dobrinhas devem ser higienizadas constantemente, do contrário, geram mau odor e se tornam ambientes favoráveis aos fungos e bactérias.

Energia

Apesar de serem pequenos, os Pugs são ativos e precisam de muita atenção e carinho. Quando filhotes, sua energia é enorme e devem ser bastante estimulados. Porém, com o passar da idade se tornam mais calmos e ficam tranquilos no seu canto.

Apego aos donos

Eles são extremamente leais aos seus donos e gostam de se sentir protegidos. Este pet costuma ficar bem com a simples presença do tutor no mesmo ambiente que ele.

Amorosidade

Muito amistoso e agradável, o Pug torna-se o cão ideal em questão de carinho para com os seus tutores.

Inteligência

A inteligência dos Pugs é algo incrível de se ver. Embora eles sejam pequenos, esses cães são muito espertos e podem aprender comandos complicados com facilidade. Além disso, eles têm a habilidade de compreender rapidamente o que você está pedindo. Esta inteligência dos Pugs também os torna bons para treinamento de obediência, desde o nível básico até o avançado.

Brincadeiras

Um Pug gosta de brincar e atividades são recomendadas, porém em baixa densidade tendo em vista sua falta de ar que gera cansaço.

Relacionamento com crianças

Geralmente, as crianças amam os Pugs, e são claros "bichinhos de estimação ideais" para aqueles que procuram passar tempo de qualidade com eles. No entanto, o que as crianças vão aprender sobre os Pugs vai além da diversão e do amor: eles também vão ensinar sobre cuidados, responsabilidade e compaixão. Mas lembre-se que se deve ter cuidado com os mais novos para que se evite movimentos bruscos pertos dos olhos e cauda deste animal.

Relacionamento com outros animais

Com um pouco de paciência e incentivo, Pugs podem aprender muito e fazer amizades facilmente com outros animais.

Curiosidades

Josephine Bonaparte tinha um cão Pug muito amado, chamado Fortune. A tutora só dormia com o marido quando ele permitia que a pet também ficasse no quarto do casal. Quando foi presa, a imperatriz usava a cadela como meio de comunicação com Napoleão. A Rainha Vitória, que governou o Reino Unido no século XIX, tinha uma verdadeira matilha de Pugs. Minka, Venus, Fátima, Olga, eram alguns dos nomes de seus peludos. Em 2002, o filme MIB — Men in Black, foi o responsável pela popularização da raça por possuir como um de seus principais personagens um Pug alienígena falante. O Pug é frequentemente confundido com o Bulldog Francês. Existem algumas diferenças físicas que ajudam a distinguir as raças. O Bulldog é mais pesado e tem olhos mais esbugalhados. Finalmente, o Bulldog não tem tantas rugas no rosto quanto o Pug. Devido ao tamanho grande da cabeça, o parto normal é mais difícil, o que gera demanda de cesárias para retirada dos filhotes.

Conheça os principais criadores de Pug do Brasil

bottom of page